Uma das tendências que ganhou força na pandemia e deve permanecer em alta é o ensino híbrido. Saiba mais sobre essa metodologia!

A formação das crianças e jovens acompanha as mudanças que acontecem na sociedade. Como resultado, surgiram as chamadas metodologias de ensino inovadoras — como o ensino híbrido. Você já conhece esse conceito? Ele ganhou força durante a pandemia de covid-19, mas não se limita aos cenários de limitações nas interações sociais. 

Por isso, ao procurar uma instituição de ensino, vale a pena avaliar as metodologias aplicadas e considerar a busca por um colégio que também a adote para aproveitar os seus benefícios. Quer saber por que a modalidade híbrida é tão interessante? 

Então continue a leitura deste post para entender o conceito de ensino híbrido e os benefícios que ele proporciona!

 

O que é ensino híbrido?

O ensino híbrido é uma metodologia que mistura elementos do ensino presencial e online. Ou seja, os alunos participam das aulas no colégio, com acompanhamento do professor. Porém, a carga horária também prevê atividades que devem ser feitas a distância, com o suporte da tecnologia.

Esse método surgiu nos Estados Unidos na década de 1960, chamado de blended learning. No entanto, somente após a transformação digital que tornou as tecnologias e a internet mais acessíveis é que ele passou a ser aplicado em maior escala.

No entanto, embora o ensino híbrido já fosse aplicado com certa frequência em cursos superiores, principalmente com o crescimento da educação a distância, ele se popularizou mais durante o período de pandemia. Afinal, o distanciamento social exigiu adaptações das escolas, trazendo o modelo também para o ensino fundamental e médio. 

 

Quais são os benefícios do ensino híbrido?

Após conhecer o funcionamento do ensino híbrido, vale a pena entender quais são os benefícios que eles podem trazer para o processo de aprendizado. Isso porque, embora ele tenha sido implementado em diversas escolas devido à necessidade de distanciamento social, na verdade, ele consegue trazer vantagens importantes para os alunos. 

Com isso, ele se torna aplicável mesmo em situações comuns, quando não existem preocupações em relação à pandemia, por exemplo. Confira as principais vantagens do ensino híbrido!

 

Inclui a tecnologia no processo de aprendizado

A tecnologia está cada vez mais presente na vida dos jovens e crianças, então pode participar também do processo de ensino. Nas aulas presenciais, ela pode ser integrada de diversas formas, como em laboratórios de robótica e uso de equipamentos diferenciados em sala de aula. 

Essa modernização do processo de aprendizagem, sem se limitar a horas ouvindo explicações e copiando matérias no caderno, traz mais dinamismo. Além disso, com a possibilidade de incluir atividades à distância, os professores terão acesso a mais canais e práticas que podem ser integrados ao programa de ensino, ajudando a estimular os estudantes. 

 

Promove mais autonomia para os alunos

Outra vantagem é a maior autonomia garantida aos alunos, de maneira alinhada à tendência de que exista um protagonismo estudantil no ensino. Ainda que existam as tarefas e atividades que devem ser feitas em sala de aula, seguindo as propostas do professor, os materiais e conteúdos do ensino online promovem flexibilidade.

O aluno terá autonomia para estudar nos horários que mais se encaixarem em sua rotina e pelo tempo que for realmente necessário. Não há limitações em relação ao tempo de cada aula, por exemplo. Se a absorção do conteúdo ou a conclusão da atividade for mais rápida, ele poderá realizar outras tarefas logo após a conclusão.

Por outro lado, se o aluno demandar mais tempo para conseguir compreender a matéria, ele terá liberdade para ampliar o horário de dedicação, sem que isso influencie no tempo dedicado pelos professores e outros alunos. Ainda, essa flexibilidade aprimora o senso de responsabilidade, já que o aluno deverá gerir o próprio tempo nas atividades a distância. 

 

Maximiza o aproveitamento dos conteúdos

Quando o ensino híbrido é bem planejado, organizando atividades de maneira que elas tenham um cronograma alinhado, é possível maximizar o aproveitamento dos conteúdos. Atividades que fluem bem se a presença e suporte direto do professor, por exemplo, podem ser feitas a distância.

Diante de dúvidas e dificuldades, o estudante terá suporte por meio dos canais específicos ou durante as aulas seguintes. Já as horas dedicadas ao ensino presencial podem ser totalmente focadas em tarefas e matérias que exigem essa proximidade maior do docente. Como resultado, é possível maximizar o aproveitamento de todos os conteúdos que devem ser abordados durante o ano letivo. 

 

Aumenta o engajamento dos estudantes

O ensino híbrido também traz oportunidades para adotar a aprendizagem ativa e aumentar o engajamento dos alunos. Nesse caso, eles podem ter como tarefa ler diferentes materiais antes das aulas, fazendo com que o tempo com o professor seja dedicado ao esclarecimento de dúvidas e aprofundamento do assunto. 

Grupos de estudo, que estimulam a colaboração entre os estudantes, também podem se encaixar nesse modelo. Em todos os casos, a participação mais ativa dos alunos no processo de aprendizado e nas próprias aulas tende a fazer com que eles fiquem mais motivados. Com isso, é comum que o seu desempenho se torne mais positivo. 

Outra medida de aprendizagem ativa é a chamada sala de aula invertida. Nela, os alunos recebem os materiais de estudos com antecedência e devem conferir todas as informações antes da aula. Desse modo, todos estarão mais preparados para se aprofundar sobre o conteúdo. 

 

Mais possibilidades para o aprendizado

Por fim, vale destacar que o ensino híbrido também tem como diferencial a possibilidade de superar barreiras geográficas e ampliar as oportunidades de aprendizado. Nas atividades online, os alunos podem participar de aulas e palestras à distância, promovidas por diferentes profissionais ou docentes.

Assim, é possível se aprofundar sobre diferentes temas, pensando tanto na preparação para as provas, como ENEM e vestibular, quanto para o desenvolvimento pessoal do aluno — o que pode ter impactos na vida profissional e no desenvolvimento da carreira no futuro. 

Com tantos benefícios, há uma grande expectativa entre especialistas e educadores em relação à manutenção do ensino híbrido, mesmo após o fim do distanciamento social. Afinal, as vantagens continuarão válidas, mesmo com a liberação das aulas presenciais. Assim, a tendência é que ele continue sendo adotado no pós-pandemia. 

Pronto! Agora que você já sabe o que é o ensino híbrido e as suas vantagens, vale a pena buscar instituições de ensino que contem com essa metodologia. Dessa forma, os seus filhos poderão aproveitar todos os benefícios que esse modelo proporciona, potencializando o seu aprendizado. 

Está em busca de uma escola de alto desempenho para o seu filho? Acesse o nosso site e conheça a proposta do Colégio Bertoni!